quinta-feira, 14 de maio de 2009

Em Anônimo.

Eu te quero aqui. Bem aqui, do meu lado. Eu te quero aqui sem nem saber exatamente quem você é, você acha isso triste? Querer alguém sem saber nem quem. Eu quero você aqui, e eu quero que você fique para sempre. Agora, só me diz, se você correr, você espera que eu não te alcance ou que eu te puxe pelo braço?

7 comentários:

nomeusadoparaassinaraspostagensdomeublog disse...

Que você me segure pela cintura.

Anônimo disse...

Não vai existir "se", não vou correr de você, e sim pra você... e isso eu faço todos os dias ainda mais agora quando VOCÊ diz "pra sempre". É tudo que eu quero!E Ju, você continua não sabendo quem eu sou. C(E!)RTEZA.

Julianna Motter disse...

Mais parece que você está correndo o caminho contrário a mim...e eu não vou sair puxando pelo braço desconhecidos...

Anônimo disse...

Direções opostas, mas no mesmo caminho pra te encontrar, porque um dia esse caminho tem seu fim.
Não vai precisar puxar meu braço, porque ai vou deixar de ser desconhecida e vou estar colada em ti hahaha (:

Anônimo disse...

realmente anônimo, dona motter crendo no pra sempre é algo para poucos,ainda mais arriscando um pra sempre com um anÔnimo, qual foi a sua fórmula///?? OAOSKPOAKPOSKA

Anônimo disse...

AHAHHAHA
Mal ela sabe que ela sim é minha fórmula (:

Julianna Motter disse...

E! Preciso falar com você...