domingo, 24 de maio de 2009

Como De Costume.

Aquieta-me o coração. Venha e diga que está de partida. Não vai virar cicatriz até que você perceba que já deu de cutucar a ferida. Faça-me um simples favor, não deixe que meus olhos te alcancem. Quero meu coração no peito, não te seguindo a todo instante.

2 comentários:

Mayara disse...

muito bom, mesmo.
adorei!

Q. disse...

seus textos andam tããão lindos ultimamente!!! amei esse !

:**