domingo, 17 de maio de 2009

Construção.

A inspiração está no coração partido, na perda, em reconstruir-se por inteiro. Meu coração já não bate, todo desfragmentado, agora ele chacoalha no peito. A perda daquilo que achava que tinha insiste em acompanhar-me feito sombra. Pretendo fazer a reconstrução, mas todo corpo parece tombado. Alguém se candidata?

2 comentários:

Marina disse...

Creio que a melhor candidata para sua reconstrução seja você mesma.

Ótimo texto, Jay-Jay!
Beeijo!

nomeusadoparaassinaraspostagensdomeublog disse...

Eu.